Princípios

A Nutrição Clínica Funcional possui cinco princípios básicos:

1 - Individualidade bioquímica: se relaciona a importância das variações individuais na função metabólica advinda a partir de fatores genéticos, necessidades nutricionais e sensibilidades ambientais. Ou seja, cada organismo reage diferentemente aos alimentos e às situações diversas do dia-a-dia.

2 - Tratamento centrado no paciente: o tratamento é direcionado ao paciente e não a doença. Torna-se mais importante saber que o paciente tem a doença do que saber que doença o paciente tem.

3 - Equilíbrio nutricional e biodisponibilidade de nutrientes: é importante a oferta de nutrientes em quantidades adequadas e em equilíbrio com todos os outros, para que haja otimização da sua absorção. O equilíbrio entre fatores internos e externos ao corpo é dinâmico, ou seja, está sempre mudando.

4 - Interconexões em teia de fatores fisiológicos: as funções orgânicas estão interligadas. Existe uma inter-relação mútua de todos os processos bioquímicos endógenos, de forma que um repercute no outro, gerando desordens sistêmicas que abrangem diversos sistemas.

5 - Saúde como vitalidade positiva: a saúde não é meramente a ausência de doenças, e sim o resultado de diversas relações entre os sistemas orgânicos, por isso devemos analisar os sinais e sintomas físicos, mentais e emocionais que podem estar nas bases dos problemas apresentados.